1976-1977

Presidente: Dr. Paulo César Muniz

1º Vice-presidente: Gabriele de Souza e Silva

2º Vice-presidente: Lia Rejane Mendes Barcellos

1º secretário: Maria de Lourdes Vignoli

2º secretário: Olívia Ambrosio da Silva   

1º tesoureiro: – Jeanette Elpern   

2º tesoureiro: Berta Martins Seixas.  

 

Atividades da gestão

 

Eventos científicos:

Palestra:

 A Importância da Supervisão em Musicoterapia – Dr. Norberto Primo de    Souza, no CBM.

 

Mesa Redonda,

Na ABBR:

As Atribuições da ABMT:

Musicoterapia nos Estados Unidos (Univ. da Georgia) – Frederico Archer de Britto Manso;

Uma Experiência de grupo de Encontro com Carl Rogers – Orientadora Educacional da Secretaria de Educação Profa. Regina Leite Garcia e o  Psicólogo Heraldo Cidade;

A musicoterapia e a situação atual do musicoterapeuta – Mesa redonda coordenada por Paulo C. Muniz.

Palestras

A Importância da Supervisão em Musicoterapia,Dr. Norberto Primo de Souza;

Musicoterapia em deficiência Mental, Sociedade Pestalozzi do Brasil, em Niterói.

Série Musicoterapia -Escola Nacional de Música, promovidas pela Academia Brasileira de Música :

Criatividade em Musicoterapia, Cecília Conde

Musicoterapia em deficiência física, Lia Rejane Barcellos

Uma experiência de Musicoterapia num Hospital Psiquiátrico, Kátia Cairo  

Musicoterapia em deficiência mental, Lucy El-Jaick Lessa

A Musicoterapia no atendimento do aluno marginalizado, Rosalina Maria Leite Jerke

Relação terapêutica em Musicoterapia, Lenita Moraes Bianchi

A Musicoterapia em Deficiência Mental, Cecília Branco de Miranda.

    

 

Participação em eventos

 

II Simpósio Brasileiro de Musicoterapia,

em julho de 1976, Rio Grande do Sul . Katia Cairo e Lia Rejane Barcellos representaram a ABMT, e esta última apresentou o trabalho O ensino de musicoterapia no Rio de Janeiro.   

II  Congresso Mundial de Musicoterapia

em Buenos Aires, Lia Rejane Mendes Barcellos foi a  representante oficial da ABMT.

Participação em Mesas redondas

Problemas Transculturais da Musicoterapia Lia Rejane Mendes Barcellos

Programas de Formação do Musicoterapeuta. Lia Rejane Mendes Barcellos

Apresentação de tema livre

A Musicoterapia no Distúrbio de Conduta do Paralisado Cerebral. Lia Rejane Mendes Barcellos

Experiência com uma adolescente com acentuado retardo mental – Lucy El Jaick; Princípio de Iso coletivo ou cultural – Luiz Antonio Milleco;

Musicoterapia com criança portadora de cegueira e distúrbio de conduta – Maria de Lourdes Sá Parente;

Experiência de Musicoterapia na reabilitação de um paraplégico – Ilma José de Abreu Lira;

Uma experiência de musicoterapia num hospital  psiquiátrico :Kátia Cairo.

XIII Congresso Mundial de Reabilitação

Em Tel Aviv, Israel, Gabriele Souza e Silva foi a representante da ABMT e apresentou o trabalho Musicoterapia em Reabilitação

2º Encontro Nacional de Terapeutas Ocupacionais,

No Rio de Janeiro Gabriele Souza e Silva apresentou o trabalho Evolução de um caso em Pesquisa do Diagnóstico,

I Encontro Nacional de Reabilitação

Em Niterói, Gabriele de Souza e Silva  participou da mesa redonda Reabilitação do incapacitado do aparelho locomotor.

1a Semana de Psicologia

na Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro foram apresentados os temas Musicoterapia em Deficiência Física por Gabriele Souza e Silva e O ensino de musicoterapia por Lia Rejane Mendes Barcellos.

 

Participação através de aulas em cursos

Curso de Arte na Educação Especial, promovidos pelo CENESP e Escolinha de Arte do Brasil- aulas ministradas por Gabriele de Souza e Silva

Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação Especial, na Área do Deficiente Físico- aulas ministradas por Gabriele de Souza e Silva

Curso de aperfeiçoamento para equipes multidisciplinares destinadas a Centros de Apoio à Educação Especial (CENESP) promovido pela Universidade Católica de Petrópolis, e nele deram aulas Cecília Conde (Música na Educação e Terapia), e Lia Rejane (Musicoterapia).

Curso de Fundamentos da Musicoterapia  promovido pela Associação Brasileira de Psicologia e Psiquiatria  deram aulas as musicoterapeutas: Kátia Cairo (Musicoterapia em Psiquiatria), Ivette Farah (O ensino de Musicoterapia no Rio de Janeiro), e Lucy El Jaick Lessa (Musicoterapia em deficiência Mental).  

 

Trabalhos apresentados fora do Rio:

As musicoterapeutas do Rio deslocaram-se também a outras cidades e estados, para apresentar trabalhos e divulgar a musicoterapia. Lucy El Jaick Lessa. Em Juiz de Fora (MG),  

A Escolinha de Arte do Recife promoveu o curso A linguagem musical no processo educativo e terápico, e as aulas Improvisação de som na Musicoterapia e Fundamentos da Musicoterapia foram ministradas respectivamente por Cecília Conde e Lia Rejane

 

Publicações :

Boletim n° 4

https://drive.google.com/file/d/1qPbhImIBLlP6hTO3L1e1EvksRKgrCrN5/view?usp=sharing

Boletim Especial  (IIi SIMPÓSIO BRASILEIRO de MUSICOTERAPIA)

https://drive.google.com/file/d/1zB-dbPRapCnEgMAfOgqpOARrVtRar9mX/view?usp=sharing