1973-1974

 

A Associação Brasileira de Musicoterapia é retomada a  30 de maio de 1973, em Assembleia Geral Ordinária, realizada no auditório da Sociedade Pestalozzi do Brasil, houve a eleição da nova diretoria, com mandato de um ano e direito à reeleição.  A ABMT abrangia todo o território nacional e, nesta assembleia foram aprovados seus estatutos

Presidente Profª Doris Hoyer de Carvalho;

1° vice – Dr Paulo César Muniz – neuropsiquiatria e fisiatra, era o responsável pelo setor infanto-juvenil da ABBR;

2° vice – Prof José Maria Neves   músico e professor do CBM;

1°secretário – Profª Gabrielle de Souza e Silva;  

2° secretário – ProFormafª Ana Sheila Moreira de Uricoechea . educadora musical/musicoterapeuta da SPB e no IPCEP;

1° tesoureiro – Sr. Wilno de Arruda Pinheiro;  

2°tesoureiro – Profª Maria de Lourdes Sá Parente  trabalhava com música na APAE e outras instituições.

Atividades da gestão

 

Escolha de Sócios Honorários

A Assembleia de 30 de maio  escolheu, como sócios honorários,  pessoas que, por elevado grau de atuação na Associação, em órgãos públicos ou privados,  que conquistaram méritos por serviços prestados à musicoterapia:

Profª Helena Antipoff, pioneira da educação de excepcionais e fundadora da Sociedade Pestallozzi.

Profª Juliette Alvin, fundadora e presidente da British Society for Music Therapy,

Profª Renata de Aragão Silveira, da Sociedade Pestalozzi do Brasil,

Drª Nise da Silveira, psiquiatra do CPP II onde criou o Museu de Imagens do Inconsciente, e o

Dr. Rolando Benenzon, psiquiatra e musicoterapeuta argentino..

 

Participação em científicos:

 

V Congresso Médico Latino-Americano de Reabilitação, realizado em junho de 1973, o trabalho desenvolvido na ABBR por Gabrielle de Souza e Silva foi apresentado pelo então primeiro vice-presidente da ABMT, Dr. Paulo César Muniz.

II Congresso de Saúde Escolar, XI Encontro de Educação Musical,

Painel “Musicoterapia, ação terapêutica e preventiva”,

Simpósio sobre Deficiência Mental, promovido pelo Instituto de Educação do Excepcional da Secretaria de Educação do Estado da Guanabara,

Participação de Doris Hoyer de Carvalho, Ana Sheila Uricoechea, Maristela Pires da Cruz e Maria de Lourdes Sá Parente.

Seminário Participação da Universidade na Formação de Pessoal, na PUC/RJ, : Currículo mínimo para formação de musicoterapeutas

Seminário de Educação do Excepcional pelo curso de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-RJ, 9/73: Uma experiência de musicoterapia com portadores de distúrbios graves de conduta – Doris Hoyer de Carvalho;

I Seminário Nacional de Terapia de Linguagem

Painel – Doris Hoyer de Carvalho , Ana Sheila Uricoechea e Lia Rejane Mendes Barcellos

Organização de clínica interdisciplinar para diagnóstico e orientação de deficientes mentais, Seminário , projeto Miniplan/APAE, promovido pelo CENESP em 4/74: Palestra de Ana Sheila Uricoechea .

 

Cursos e Conferências ministradas:

Cursos e conferências realizados em Instituições diversas, a maioria situada no Rio de Janeiro, uma em Porto Alegre e uma em Petrópolis. Participaram Cecília Conde, as musicoterapeutas Doris Hoyer de Carvalho, Ana Sheila Uricoechea, Gabrielle de Souza e Silva, Maria de Lourdes Sá Parente, e as alunas Lia Rejane Mendes Barcellos, Ilma de Abreu Lira, Lucy El-Jaick e Cecília Branco de Miranda.